» » » Sintomas da Endometriose Intestinal

Sintomas da Endometriose Intestinal

A endometriose intestinal causa dor intensa no abdômen, dificuldade em defecar e presença de sangue nas fezes.

A presença de endométrio (tecido que reveste a camada interna do útero) nas paredes do intestino, dificulta a sua função e causa sérios problemas de digestão. A endometriose intestinal é comum em mulheres de todas as idades.

Sintomas da Endometriose Intestinal

Entre os sintomas da endometriose intestinal, destacamos:

  • Fortes dores abdominais;
  • Sangramento pelo ânus durante a menstruação;
  • Dificuldade em defecar;
  • Presença de sangue nas fezes.

No estágio inicial, a endometriose não mostra sintomas, pois o endométrio ainda não se desenvolveu completamente, o que facilita o tratamento, que pode ser feito com remédios, sem cirurgia.

quando os sintomas aparecem, a doença pode não responder bem a medicamentos e a cirurgia para retirar o tecido é necessária.



Como identificar a endometriose intestinal

A endometriose intestinal é identificada através da tomografia computadorizada e também a laparoscopia, que permitem a visualização do endométrio no intestino e até mesmo em outras áreas.

Endometriose Intestinal tem Cura?

A endometriose tem cura e pode ser tratada com remédios (em casos leves) ou com a cirurgia (em casos em que o endométrio já se desenvolveu). Se a doença já estiver muito avançada, pode ser necessária a retirada de partes do intestino.

Endometriose Intestinal Profunda

Acontece quando o endométrio se encontra nas dobras ou em partes mais profundas do intestino, dificultando o diagnóstico.
 

Endometriose Intestinal Pode Virar Câncer?

A endometriose intestinal pode virar câncer em casos de grande falta de cuidado, causando muitas dores e constipação intestinal.

Endometriose Intestinal – Tratamento

A endometriose intestinal pode ser tratada com remédios receitados pelo médico (nos casos mais leves da doença) ou com a cirurgia (nos casos mais avançados). Nas pacientes em estado grave pode ser necessária a retirada de parte do intestino.

Atualizado em: 29/04/2017 na categoria: Doenças Gastrointestinais, Doenças Inflamatórias