» » 13 Sintomas da Caxumba: Diagnóstico e Tratamento

13 Sintomas da Caxumba: Diagnóstico e Tratamento

A caxumba (papeira) é causada por um vírus que leva à inflamação das parótidas, as maiores glândulas salivares do nosso corpo. A Tríplice Viral é a vacina que protege contra a caxumba, que causa inchaço e dor no pescoço, cansaço, falta de apetite, mal estar e vômitos. Em casos mais graves, a caxumba pode “descer” e provocar inflamação nos testículos e ovários, causando infertilidade.

O vírus causador da caxumba também causa inflamação nas glândulas submaxilares e sublinguais.

Além disso, a caxumba pode causar ainda:

  • Dificuldade para engolir;
  • Dor nos músculos;
  • Febre;
  • Dor no abdômen;
  • Rigidez na nuca;
  • Dor de cabeça;
  • Dor e inchaço nos testículos (orquite) e ovários (ooforite).

A transmissão da caxumba acontece através da saliva ou do contato direto com as secreções do nariz do doente.



Caxumba – Diagnóstico

O diagnóstico da caxumba é clínico, ou seja, feito com base na observação dos sintomas.

É possível também fazer exames de sangue que detectam a presença do vírus no organismo para garantir o diagnóstico quando for necessário.

Caxumba – Tratamento e Cuidados

O tratamento para caxumba é feito para aliviar os sintomas. O paciente deve beber bastante líquido, aplicar compressas mornas no pescoço, descansar e preferir alimentos moles.

Alguns remédios analgésicos e anti-inflamatórios, como tylenolparacetamol e flanax, também podem ser tomados para aliviar a dor, a inflamação e o mal estar.

Quanto tempo dura a caxumba?

A caxumba dura, em média, 2 semanas.

Assim como quase toda doença viral, não há nenhum medicamento específico que combata e elimine o vírus causador da caxumba – ela se cura por si só. Por isso que o tratamento é feito apenas para aliviar os sintomas enquanto a doença ainda está em curso.

Vacina para Caxumba – Tríplice Viral

A caxumba pode ser evitada pela vacina tríplice viral, encontrada gratuitamente para crianças em postos de saúde de todo o Brasil.

Para estar efetivamente protegida, a pessoa deve tomar 2 doses da vacina durante a vida, com um intervalo mínimo de um mês entre uma e outra dose.

A primeira dose deve ser aplicada aos 12 meses de idade e, depois, entre os 15 e 24 meses.

As crianças mais velhas, adolescentes e adultos que não foram vacinados durante esse período de recomendação também podem ser protegidos, tomando as duas doses da vacina com 2 meses de intervalo entre uma dose e outra.

A tríplice viral também protege contra a rubéola e o sarampo, e é contraindicada em pacientes gestantes e imunodeprimidos.


Caxumba Pega Mais de uma Vez?

Quando o paciente já teve caxumba, as chances de voltar a manifestar a doença são muito pequenas, pois seu corpo já possui anticorpos necessários para lutar contra ela.

Caxumba Pode Matar?

Na maioria dos casos, principalmente na infância, a caxumba é uma doença que evolui sem maiores complicações até a cura completa.

Mas podem ocorrer complicações, especialmente nos adolescentes e adultos, como a inflamação dos testículos e dos ovários, resultando na infertilidade, que atinge mais os homens, meningite asséptica, pancreatite, neurite, surdez e até à morte.

Atualizado em: 15/03/2017 na categoria: Doenças Infecciosas